Criado em 1958 e outorgado anualmente pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), o Prêmio Jabuti é o mais tradicional e prestigiado prêmio literário do Brasil, conferindo aos vencedores o reconhecimento da comunidade intelectual brasileira.

CATEGORIA CONTOS E CRÔNICAS

2016

1º lugar

Amora
Natalia Borges Polesso

2º lugar

As mentiras que as mulheres contam
Luis Fernando Veríssimo

3º lugar

Eles não moram mais aqui
Ronaldo Cagiano

In memoriam

Jeito de matar lagartas
Antonio Carlos Viana

2015

1º lugar

Sem vista para o mar: contos de fuga
Carol Rodrigues

2º lugar

Dez centímetros acima do chão
Flavio Cafiero

3º lugar

Olhos d’água
Conceição Evaristo

2014

1º lugar

Amálgama
Rubem Fonseca

2º lugar

Você verá
Luiz Vilela

3º lugar

Nu, de botas
Antonio Prata

3º lugar

Um solitário à espreita
Milton Hatoum

2013

1º lugar

Diálogos impossíveis
Luis Fernando Veríssimo

2º lugar

Aquela água toda
João Anzanello Carrascoza

3º lugar

Cheiro de chocolate e outras histórias
Roniwalter Jatobá

2012

1º lugar

O destino das metáforas
Sidney Rocha

2º lugar

O anão e a ninfeta
Dalton Trevisan

3º lugar

O livro de Praga
Sérgio Sant’Anna

2011

1º lugar

Desgracida
Dalton Trevisan

2º lugar

Meio intelectual, meio de esquerda
Antonio Prata

3º lugar

Três dúvidas
Leonardo Brasiliense

2010

1º lugar

Eu perguntei pro velho se ele queria morrer (e outras estórias de amor)
José Rezende Jr.

2º lugar

A máquina de revelas destinos não cumpridos
Vário do Andaraí

3º lugar

Paulicéia dilacerada
Mário Chamie

3º lugar (In memoriam)

Crônicas inéditas 2
Manuel Bandeira

2009

1º lugar

Canalha! Crônicas
Fabrício Carpinejar

2º lugar

Ostra feliz não faz pérola
Rubem Alves

3º lugar

Os comes e bebes nos velórios da Gerais e outras histórias
Déa Rodrigues da Cunha Rocha

2008

1º lugar

Histórias do rio Negro
Vera do Val

2º lugar

A prenda de seu Damaso e outros contos
Jorge Eduardo Pinto Hausen

3º lugar

Fichas de vitrola & outros contos
Jaime Prado Gouvêa

2007

1º lugar

Resmungos
Ferreira Gullar

2º lugar

A casa da minha vó e outros contos exóticos
Artur Oscar Lopes

3º lugar

O volume do silêncio
João Anzanello Carrascoza

2006

1º lugar

Contos negreiros
Marcelino Freire

2º lugar

Histórias mal contadas
Silviano Santiago

3º lugar

A hora extrema
Mário Araújo

2005

1º lugar

Urgente é a vida
Alcione Araújo

2º lugar

Paraísos Artificiais
Paulo Henrique Britto

2º lugar

Típicos tipos
Frei Betto

2º lugar

Histórias mirabolantes de amores clandestinos
Edgard Telles Ribeiro

3º lugar

Arquitetura do arco-íris
Cíntia Moscovich

2004

1º lugar

O voo da madrugada
Sergio Sant’Anna

Menção honrosa

Montanha russa
Martha Medeiros

Menção honrosa

Pequenos amores
José Roberto Torero

Menção honrosa

Mínimos, múltiplos, comuns
João Gilberto Noll

2003

Pequenas criaturas
Rubem Fonseca

O menino de São Benedito e outras crônicas
Luiz Nassif

São Paulo, Brasil
Fernando Bonassi

2002

Livro aberto
Fernando Sabino

Faroestes
Marçal Aquino

Secreções, excreções e desatinos
Rubem Fonseca

2001

Andante com morte
Mario Pontes

Hóspede da solidão
Rodolfo Konder

Invenção e memória
Lygia Fagundes Telles

2000

As sombrias ruínas da alma
Raimundo Carrero

O amor e outros objetos pontiagudos
Marçal Aquino

O homem que odiava a segunda-feira
Ignácio Loyola Brandão

1999

1º lugar

Antologia pessoal
Charles Kiefer

2º lugar

As palavras secretas
Rubens Figueiredo

3º lugar

Bolha de luzes
João Inácio Padilha

1998

1º lugar

Menina a caminho
Raduan Nassar

2º lugar

Nem todo canário é belga
Flávio Moreira da Costa

3º lugar

Troços & destroços
João Silvério Trevisan

1997

Eu sei, mas não devia
Marina Colasanti

Keith Jarret no Blue Note
Silviano Santiago

Os saltimbancos da porciúncula
Antônio Carlos Villaça

1996

1º lugar

A noite escura e mais eu
Lygia Fagundes Telles

2º lugar

O buraco na parede
Rubem Fonseca

3º lugar

Ovelhas negras
Caio Fernando Abreu

1995

1º lugar

Ah, é?
Dalton Trevisan

2º lugar

Arca sem Noé: história do edifício Copan
Regina Rheda

3º lugar

O Museu Darbot e outros mistérios
Victor Giudice

1994

Coroa de orquídeas
Nelson Rodrigues

O último mamífero do Martinelli
Marcos Rey

Rútilo nada
Hilda Hilst

1993

Guardador
João Antonio

O elo partido & outras histórias
Otto Lara Resende

Terceira perna
Vilma Arêas

Um outro olhar
Charles Kiefer

1992

[Não houve premiação]

1991

Mínimo múltiplo comum
Rosa Amanda Strausz

1990

Malthus
Diogo Mainardi

1989

Os dragões não conhecem o paraíso
Caio Fernando Abreu

1988

O olho enigmático
Moacyr Scliar

1987

[Não houve premiação]

1986

Amazona
Sérgio Sant’Anna

1985

O pêndulo do relógio
Charles Kiefer

1984

Triângulo das águas
Caio Fernando Abreu

1983

O concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro
Sérgio Sant’Anna

1982

Imaginações pecaminosas
Autran Dourado

1981

De jogos e festas
José J. Veiga

1980

As marcas do real
Modesto Carone

1979

Os venenos de Lucrecia
Sônia Coutinho

1978

Hora inclinada
Hermann José Reipert

1977

O homem vermelho
Domingos Pellegrini

1976

Canção para o totem
Regina Célia Colônia

1975

O Casarão
Caio Porfírio Carneiro

1974

Inquieta viagem no fundo do poço
Elias José

1973

O fim de tudo
Luiz Vilela

1972

A coleira de Peggy
Holdemar Menezes

1971

Matar um homem
Ricardo Ramos

1970

Lúcia McCartney
Rubem Fonseca

1969

Corrente de um elo só
Maria Cecília Caldeira

1968

O enterro da cafetina
Marcos Rey

1967

Veranico de janeiro
Bernardo Élis

1966

Jardim selvagem
Lygia Fagundes Telles

1965

Cemitério de elefantes
Dalton Trevisan

1964

Malagueta, Perus e Bacanaço
João Antonio

1963

Passe as férias em Nassau
Julieta Godoi Ladeira

1962

Os desertos
Ricardo Ramos

1961

Laços de Família
Clarice Lispector

1960

Novelas nada exemplares
Dalton Trevisan

Os caminhantes de Santa Luzia
Ricardo Ramos

1959

Água preta
Jorge Medauar