OSMAN LINS — NOVE, NOVENA

As narrativas de Osman Lins são marcadas pela transgressão formal e intensidade. Sua linguagem é solene, lírica, trágica. Na elaboração de seus enredos intricados, o autor rompe relações de causalidade, ousa, geometriza. Nomeia personagens com símbolos gráficos inusitados. Suas metáforas são belas, impactantes. Em Nove, novena, Osman Lins mescla elementos díspares com excelentes efeitos de sentido: no conto Noivado, discorre sobre [...]