Categorias
Narrativas

Sapucaia

Apressado, cortando caminho pelo gramado, deparo-me com essa árvore de folhas que são flores, ou de flores que são folhas, difícil saber. A folha começa verde, logo se veste de rosa. A flor ensaia ser rosa, muda de ideia, esverdeia-se.

Embasbacado, esqueço ruas, esquinas, buzinas.

É criatura exótica, filha raptada da Mata Atlântica, contou-me um sábio. Lecythis pisonis. Sapucaia, para os agora íntimos.

Folhas floridas, flores folhadas. Majestosa, em eterno dilema: não se sabe folha ou rosa, flor ou verde, árvore ou aquarela.

Depende do ângulo, do olhar, se de bicho, se de gente.

Eu que tão pouco sei de sapucaias. Sempre verde-musgo, monocromático, mergulhado na fotossíntese nossa de cada dia.